TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Missões Religiosas no Brasil Colonial

História, resumo, objetivo das missões jesuíticas, catequização dos índios no Brasil Colonial, contexto histórico, padres missionários, consequências, exemplos

Jesuíta catequizando índios numa missão religiosa
Jesuíta catequizando índios numa missão religiosa

 

Contexto histórico


Os jesuítas (padres missionários católicos) começaram a chegar ao Brasil por volta de meados do século XVI. Eram integrantes, principalmente, da Companhia de Jesus, que tinha metas principais difundir o catolicismo nas terras recém-descobertas (América e África) e fazer a catequização dos povos nativos (indígenas).

 

Entre os principais padres jesuítas missionários que vieram ao Brasil neste período, podemos citar: Padre José de Anchieta e Padre Manoel da Nobrega.

 

Além dos jesuítas, também vieram para o Brasil, com o objetivo de catequizar índios, padres de outras ordens religiosas como os franciscanos, os beneditinos e os carmelitas.

 

As missões religiosas

 

Para facilitar o processo de catequização dos índios no Brasil, os jesuítas organizaram aldeamentos, que também eram chamados de missões ou reduções.

 

As primeiras missões foram organizadas na região costeira do Brasil. Os jesuítas contavam com a ajuda de soldados portugueses para tirar os índios das aldeias, levando-os para os aldeamentos (missões). Porém, este sistema, que muitas vezes contava com o uso de força e violência, não deu resultados positivos em função da resistência dos índios. Outro problema comum neste processo era que muitos nativos contraíam doenças em contato com os homens brancos, gerando mortes entre eles.

 

Num segundo momento, a partir do início do século XVII, os jesuítas começaram a organizar as missões na região interior do Brasil, para evitar os problemas gerados anteriormente.

Embora estas missões fossem encontradas por quase todas as áreas do Brasil, foi nas regiões Norte e Sul que elas estiveram presentes em maior número.

 

Consequências principais

 

- Aceleração do processo de povoamento do interior do Brasil. Várias missões deram origem a vilas, que depois se transformaram em cidades.

 

- Milhares de índios perderam sua identidade religiosa e cultural, passando a ter o catolicismo como religião e o português como língua principal. Muitas vezes esse processo era feito de forma forçada.

 

- Colaborou para o processo de oficialização do catolicismo como religião oficial do Brasil.

 

- Fundação de colégios católicos como, por exemplo, o Colégio de São Paulo de Piratininga (fundado por José de Anchieta).

 

Exemplos de missões no Brasil Colonial:


- Missão de Santo Ângelo (Rio Grande do Sul)

 

- Missão de São Miguel Arcanjo (noroeste do Rio Grande do Sul)

 

- Missão de São João Batista (Rio Grande do Sul)

 

- Missão dos Tarumãs (Amazonas)

 

- Missão da Foz do Jaú (Amazonas)


 

Bibliografia indicada:

 

Colonialismo e missões jesuíticas

Autor: Flores, Moacyr

Editora: Ediplat

Temas: História do Brasil Colonial, Índios, Colonização e expansão territorial

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2017 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.