TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Invasões Francesas no Brasil - resumo, história

História, quando aconteceu, resumo, contexto histórico das invasões francesas no Brasil Colonial, a invasão de 1555, França Antártica e França Equinocial

Invasões Francesas - Partida de Estácio de Sá (Benedito Calixto)
Invasões Francesas - Partida de Estácio de Sá (Benedito Calixto)

 

Contexto histórico das invasões francesas

 

As descobertas territoriais feitas por portugueses e espanhóis no final do século XV e início do XVI e os lucros advindo da exploração colonial, deixaram outras nações europeias interessadas neste empreendimento. Após o Tratado de Tordesilhas, que dividiu as recém-descobertas terras entre espanhóis e portugueses, aumentou muito o descontentamento dos países que ficaram de fora como, por exemplo, Holanda, França e Inglaterra. Estes países começaram então investir na invasão das terras recém-descobertas, entre elas as colônias portuguesas, principalmente o Brasil.

 

Embora tenha investido na colonização, principalmente através do estabelecimento de um sistema administrativo (governo-geral) e da cultura da cana-de-açúcar, Portugal teve dificuldades em proteger o extenso litoral brasileiro.

 

Os franceses no Brasil

 

Objetivos

 

- Os franceses tinham como objetivo principal fundar uma colônia em território brasileiro para poder participar ativamente do lucrativo e novo mercado da exploração colonial.

 

- Franceses protestantes queriam também fundar uma colônia no Brasil para viverem longe da perseguição religiosa que sofriam na França.

 

O contrabando de pau-brasil

 

Já na época da exploração do pau-brasil, início do século XVI, os franceses fizeram várias incursões no litoral brasileiro com o objetivo de fazer o contrabando desta madeira.

 

A França Antártica

 

Em 1555, franceses calvinistas invadiram o Brasil, na região do Rio de Janeiro. Estes franceses estavam fugindo da perseguição religiosa executada pela corte francesa. Liderados pelo almirante Nicolau Villegaignon, fundaram, na região do atual município do Rio de Janeiro, uma colônia francesa chamada de França Antártica. Os franceses obtiveram o apoio militar dos índios tamoios, que eram inimigos dos portugueses.

 

O governo-geral de Mem de Sá contou com o apoio dos jesuítas José de Anchieta e Manuel da Nobrega, que convenceram os índios tamoios a abandonarem a aliança que tinham com os franceses.

 

Mem de Sá conseguiu também reforços militares portugueses, liderados por Estácio de Sá. Desta forma, os portugueses conseguiram expulsar os franceses do Rio de Janeiro em 1567.

 

França Equinocial

 

Em 1612 os franceses fizeram sua segunda tentativa de invadir e fundar uma colônia no Brasil. Desta vez escolherem a região do Maranhão. Liderados pelo general Daniel de La Touche, os franceses invadiram e fundaram a França Equinocial. Para proteger a região conquistada, construíram um forte, chamado de Forte de São Luís.

 

As autoridades portuguesas organizaram várias e poderosas expedições militares para atacar e expulsar os franceses do Maranhão. A capitulação francesa ocorreu em novembro de 1615, quando eles foram expulsos da região. 


 

Bibliografia indicada:

 

Cinco séculos de presença francesa no Brasil - invasões, missões e irrupções

Autor: Perrone-Moises, Leyla

Editora: Edusp

Temas: História do Brasil Colonial

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2017 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.