TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Hans Staden - biografia resumida, duas viagens ao Brasil

Quem foi Hans Staden, biografia resumida, duas viagens ao Brasil, como se livrou dos tupinambas, obras, resumo

Hans Staden: choro para escapar dos tupinambás
Hans Staden: choro para escapar dos tupinambás

 

Quem foi (biografia resumida)

 

Hans Staden foi um viajante, marinheiro, escritor (cronista) e aventureiro alemão do século XVI. Nasceu na cidade alemã de Homberg em 1525 e faleceu, na também cidade alemã de Wolfhagen, em 1579, aos 54 anos.

 

Hans Staden fez duas viagens ao continente americano. No ano de 1547, viajou para Pernambuco numa caravela de Portugal, atuando como artilheiro. No ano seguinte, viajou numa missão exploratória ao rio da Prata numa caravela espanhola.

 

Contato com os índios tupinambás

 

Na segunda viagem, o navio em que Hans Staden estava naufragou no litoral paulista. O aventureiro alemão conseguiu se salvar, indo parar na cidade de Bertioga. Colonos portugueses que estavam trabalhando na construção de uma fortaleza militar acolheram Hans Staden, que começou a trabalhar num forte da região como artilheiro.

 

Porém, numa guerra entre os colonos portugueses e os tupinambás, Hans Staden foi capturado por estes indígenas, ficando refém por nove meses. Canibais, os tupinambás iriam se alimentar da carne de Hans Staden num ritual antropofágico. O aventureiro alemão contou em seu livro que fingiu ser francês (os franceses eram aliados dos tupinambás contra os portugueses) e chorou muito. Como os tupinambás não comiam carne de covardes e medrosos, pois acreditavam que iriam adquirir estas características, Hans Staden se livrou deste problema. O alemão conseguiu escapar da posse dos tupinambás após ser resgatado por um navio de piratas franceses.

 

Seu livro de aventuras

 

No ano de 1555, Hans Staden retornou para a Alemanha e escreveu o livro “Duas viagens ao Brasil” em que contou todas as aventuras que passou nas terras brasileiras. O livro foi lido por muitas pessoas, pois na segunda metade do século XVI havia muito interesse dos leitores europeus sobre a vida, costumes e a cultura na América recém-descoberta.

 

Filme sobre Hans Staden

 

As aventuras de Hans Staden no Brasil virou filme em 1999. Numa produção conjunta entre brasileiros e portugueses, o drama biográfico foi dirigido por Luiz Alberto Pereira. Um dado interessante sobre o filme, que ganhou vários prêmios, é que a língua tupi é muito falada durante grande parte do filme.


 

Duas viagens ao Brasil

Autor: Staden, Hans

Editora: L&PM

Ano de publicação: 2010

Temas do livro: Historia do Brasil Colonial, Cronicas de Viagens, Cultura Indígena

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2017 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.