TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Revolta de Carrancas - resumo, causas, como foi, história

O que foi, resumo, causas, desfecho, contexto histórico, como foi, acontecimentos, onde ocorreu, líder da revolta, objetivos

Casarão da Fazenda Bella Vista: um dos locais onde ocorreu a Revolta de Carrancas
Casarão da Fazenda Bella Vista: um dos locais onde ocorreu a Revolta de Carrancas

 

O que foi

 

Também conhecida como Levante de Bella Cruz, a Revolta de Carrancas foi uma rebelião feita por escravos, em 13 de maio de 1833. Ela ocorreu em duas fazendas (Campo Alegre e Bella Cruz), localizadas na região sul da província de Minas Gerais.

 

A rebelião ganhou este nome, pois as duas fazendas estavam localizadas na Freguesia de Carrancas.

 

Contexto histórico

 

- Disputas políticas, na província de Minas Gerais, entre liberais e restauradores.

 

- Crescimento da quantidade de escravos, principalmente na região Sudeste, nas primeiras décadas do século XIX.

 

- Ocorrência de várias revoltas de escravos, em diversas regiões, no período.

 

Principais causas

 

Podemos citar como causas desta rebelião a própria escravidão. Assim como os escravos de outras províncias naquela época, os da Freguesia de Carrancas viviam em péssimas condições de vida e trabalho. O trabalho em excesso, castigos físicos, moradia inadequada e falta de liberdade geraram muita insatisfação e revolta entre os escravos.

 

Objetivos dos revoltosos

 

A rebelião teve como um dos principais objetivos a conquista da liberdade dos escravos da fazenda. Queriam também matar os proprietários e ficar com a posse das fazendas.

 

Como foi a revolta e como terminou (desfecho)

 

A rebelião começou na parte da tarde do dia 13 de maio de 1833. O líder da revolta, conhecido como Ventura Mina, em conjunto com outros escravos, atacaram e mataram Gabriel Junqueira (supervisor da fazenda).  A revolta se espalhou pelas duas fazendas. Os revoltosos mataram várias pessoas da família Junqueira (inclusive crianças), que era proprietária das propriedades.

 

A rebelião estava para chegar na fazenda Bom Jardim quando o proprietário, João Cândido da Costa Junqueira, organizou a resistência com funcionários e escravos de confiança. Depois desse fato, não há mais registros históricos sobre a rebelião. Provavelmente, ocorreu a intervenção de forças militares da região, que ajudaram no combate ao movimento revoltoso.

 

O que sabemos é que a revolta foi debelada e 31 escravos denunciados criminalmente no processo.

 



Artigo publicado em: 25/10/2018
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).


 

Livro indicado sobre o tema:

 

Zona da Mata Mineira: escravos, família e liberdade

Autor: Sousa, Jorge Prata de

Editora: Apicuri

Ano: 2012

Temas Principais: História do Brasil, Escravidão

 

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2018 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.