TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Guerrilha do Araguaia - resumo, o que foi, história

O que foi, contexto histórico, onde ocorreu, resumo, objetivos, guerrilha contra a ditadura militar no Brasil, história do movimento, principais líderes

Tropas do exército na Guerrilha do Araguaia
Tropas do exército na Guerrilha do Araguaia

 

O que foi

 

A Guerrilha do Araguaia foi um movimento de luta armada (guerrilheiro) que ocorreu na região do Araguaia (divisa entre os estados de Tocantins e Pará), entre os anos de 1972 e 1975. Este movimento era contrário à ditadura militar implantada no Brasil, através de golpe, em 1964.

 

História

 

O movimento começou a se organizar no final da década de 1960. A partir de 1972, começaram os confrontos armados entre os guerrilheiros e as forças armadas brasileiras (principalmente tropas do exército).

 

A Guerrilha do Araguaia tinha como inspiração os bem sucedidos movimentos revolucionários socialistas que ocorreram em Cuba e na China.

 

No total, ocorreram três ofensivas militares para acabar com a guerrilha: Operação Papagaio, Operação Sucuri e Operação Marajoara. De acordo com estimativas, cerca de cinco mil militares atuaram nestas operações.

 

Quem participou (integrantes)


O movimento foi liderado, principalmente, por militantes do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Porém, contou com a participação de estudantes universitários, operários, profissionais liberais e camponeses.

 

Entre os principais líderes da Guerrilha do Araguaia, podemos citar: Maurício Grabois (um dos fundadores do PCdoB), João Amazonas (secretário geral do PCdoB), Elza Monnerat (dirigente do PCdoB) e Ângelo Arroyo (dirigente do PCdoB).

 

Objetivos


- Derrubar o governo militar, através de uma revolução socialista, que teria início no campo com o movimento de guerrilha.

 

- Implantar no Brasil, após a tomada do poder, um governo de caráter socialista.

 

Como terminou (resultados)

 

As tropas militares brasileiras saíram vitoriosas, pois conseguiram reprimir o movimento guerrilheiro em 1975. Como resultado, 59 militantes do PCdoB morreram, além de 19 agricultores que lutaram ao lado da guerrilha. Do lado das tropas militares foram 20 mortos (número estimado).


 

Bibliografia indicada:

 

Guerrilha do Araguaia - relato de um combatente

Autor: Maciel, Licio

Editora: Schoba Ebook

Temas: Ditadura Militar no Brasil, História do Brasil, Guerrilha do Araguaia

 

 

Araguaia - histórias de amor e de guerra

Autor: Amorim, Carlos

Editora: Record

Temas: Ditadura Militar no Brasil, História do Brasil

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2017 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.