TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Eleições de 1945 - resumo, candidatos, como foi

Eleições presidenciais de 1945, resumo, candidatos, como foi, redemocratização, dados eleitorais.

Dutra: eleito presidente do Brasil nas eleições de 1945
Dutra: eleito presidente do Brasil nas eleições de 1945

 

Como foi (resumo): a redemocratização

 

No dia 2 de dezembro de 1945, ocorreram eleições diretas (voto popular) no Brasil para a escolha do presidente da República. Foi a 14ª eleição presidencial da História do Brasil.

 

Ela também é considerada a primeira eleição no Brasil que houve respeito aos princípios democráticos, pois as anteriores ocorreram muitas fraudes e interferências políticas no processo eleitoral. Por isso, que esse processo eleitoral foi considerado também o início da redemocratização do Brasil e do período histórico conhecido como Nova República.

 

Outro fato interessante dessa eleição é que, pela primeira vez na História do Brasil, as mulheres puderam votar para presidente.

 

Os candidatos a presidente da República e seus partidos:

 

- Eurico Gaspar Dutra do PSD (Partido Social democrático): nascido no estado do Mato Grosso, Dutra foi um militar. Foi ministro da Guerra entre 1936 e 1945.

 

- Eduardo Gomes da UDN (União Democrática Nacional): nascido na cidade do Petrópolis (Rio de Janeiro), foi um militar da Aeronáutica (foi marechal) e político.

 

- Mário Rolim Teles do PAN (Partido Agrário Nacional).

 

- Yedo Fiúza do PCB (Partido Comunista Brasileiro).

 

Resultados e dados das eleições:

 

- Vencedor eleito presidente: Eurico Gaspar Dutra com 55,39% dos votos (3.251.507 de votos).

 

- 2º lugar:  Eduardo Gomes com 34,74% dos votos (2.039.341 votos).

 

- 3º lugar: Yedo Fiúza: 9,71% dos votos.

 

- 4º lugar: Mário Rolim Telles com 0,17% dos votos.

 

- Votos brancos: 70.328

 

- Votos nulos: 65.214

 

- Total de votos nas eleições presidenciais: 6.006.209

 

Curiosidade: a eleição separada para vice-presidente

 

Na eleição de 1945 não houve a escolha do vice-presidente da República, pois o cargo foi criado somente na Constituição de 1946. Nesse ano, ocorreram eleições indiretas (escolha pelo Congresso Nacional) para vice-presidente, sendo que os candidatos foram: Nereu Ramos do PSD (vencedor com 55,63%) e José Américo de Almeida (derrotado com 43,44% dos votos).

Nessas eleições também concorreram: Fernando de Melo Viana, José Carlos de Macedo Soares e Luís Carlos Prestes. Todos receberam apenas 1 voto.

 

 

Artigo publicado em: 09/08/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).


 

Bibliografia indicada:

 

Eleições: História e Estratégias

Autor: Pedroso, Elisabeth

Editora: Evangraf

Ano: 1999

Temas do livro: Ciências Políticas, História do Brasil

Impressão


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2019 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.