TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Bandeira Imperial do Brasil - significado, história, cores

História, imagem, significado, formato, cores, brasão, primeira e segunda versão, criação e criador

Bandeira do Brasil Imperial
Bandeira do Brasil Imperial

 

História

 

A bandeira Imperial do Brasil, que vigorou de 1822 a 1889, teve duas versões. As duas tinham fundo verde com o losango amarelo. Porém, a primeira, que vigorou de 18 de setembro a 1 de dezembro de 1822, possuía ao centro um brasão com uma coroa dourada de fundo vermelho (semelhante a da bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves).

 

Em 1 de dezembro de 1822, através de um decreto, Dom Pedro I fez algumas modificações na primeira versão da bandeira imperial. A principal mudança foi o fundo da coroa que mudou de vermelho para verde. Assim, ficava definida a coroa imperial sobre o escudo do brasão.

 

A bandeira do Brasil Imperial foi criada em 1822 pelo desenhista, pintor e professor francês Jean-Baptiste Debret. Vale lembrar que José Bonifácio de Andrada e Silva, também conhecido como “o Patriarca da Independência”, ajudou Debret na elaboração do projeto da bandeira do Brasil Império.

 

A bandeira imperial brasileira

 

A bandeira do Brasil Imperial possui formato retangular. Com fundo verde, havia no centro um losango amarelo-ouro. No centro do losango ficava o brasão nacional (imperial).

 

Este brasão consistia num escudo verde, tendo ao centro a esfera armilar e a Cruz da Ordem de Cristo (em vermelho). Havia também um aro de fundo azul com 20 estrelas brancas (representando as províncias brasileiras). Sobre o escudo estava disposta a coroa imperial. Do lado esquerdo havia um ramo de café o do lado direito um de tabaco.

 

Significados

 

Não se sabe com exatidão os significados dos elementos gráficos e cores da bandeira imperial brasileira. Porém, existem hipóteses e, as mais aceitas, são:

 

- Cor verde: simbolizava a Casa de Bragança, dinastia a qual fazia parte Dom Pedro I.

 

- Cor amarela: representava o ouro e as riquezas minerais existentes em solo brasileiro.

 

- Ramos de café e tabaco: representava os dois principais produtos agrícolas do Brasil Imperial.

 

- Coroa: símbolo do regime monárquico.

 

- Cruz da Ordem de Cristo: valorização do cristianismo no Brasil e da religião católica como oficial.


 

Bibliografia indicada:

Brasil, Hinos e Bandeiras

Autor: Editora Navegar

Editora: Navegar

Temas: História do Brasil Imperial, Monarquia, Bandeira, Hinos

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2017 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.