TEXTOS, RESUMOS E DOCUMENTOS DA HISTÓRIA DO BRASIL


Entradas e Bandeiras - resumo, diferenças, história, objetivos

História das entradas e bandeiras no Brasil, resumo, o que eram, características, diferença, objetivos, principais bandeiras

Fernão Dias: bandeirantes do século XVII
Fernão Dias: bandeirantes do século XVII

 

 

Definição (o que eram)
As entradas e bandeiras foram expedições de desbravamento territorial, que ocorreram no Brasil Colônia entre os séculos XVII e XVIII.
Diferenças
1.
As entradas eram expedições oficiais (organizadas pelo governo) que saiam do litoral em direção ao interior do Brasil.
As bandeiras eram expedições organizadas e financiadas por particulares, principalmente paulistas. Partiam de São Paulo e São Vicente principalmente, rumo às regiões centro-oeste e sul do Brasil.
2.
As entradas tinham como objetivo principal fazer o mapeamento do território brasileiro, principalmente da região interior. Estas informações eram enviadas a Portugal, com objetivo de aumentar o conhecimento e viabilizar a colonização do interior do Brasil. 
As bandeiras tinham como objetivo principal descobrir minas de ouro, prata e pedras preciosas. 
3.
As entradas também atuavam no combate aos grupos indígenas que ofereciam resistência aos colonizadores.
As bandeiras atacavam missões jesuíticas, capturando índios, que seriam comercializados como escravos.
4.
As entradas eram compostas, em sua maioria, por soldados portugueses e brasileiros (a serviços das províncias).
Já as bandeiras eram lideradas por paulistas chamados de bandeirantes e tinham em sua composição familiares, agregados, brancos pobres e mamelucos.
Principais bandeiras
- Bandeira de Bartolomeu Bueno da Silva – ocorrida entre 1672 e 1740, partiu da região norte do atual estado de São Paulo em direção a região centro-oeste do Brasil. Tinha como principal objetivo o descobrimento de jazidas de ouro e pedras preciosas.
- Bandeira de Domingos Jorge Velho – ocorrida entre 1615 e 1703, partiu da região litorânea do Nordeste em direção ao sertão e litoral paulista. Tinha como principal o sertanismo de contrato, onde os bandeirantes eram contratados por fazendeiros para combater quilombos e tribos indígenas que atacavam cidades e engenhos.
- Bandeira de Raposo Tavares – ocorrida entre 1598 e 1658, partiu da cidade de São Paulo em direção às regiões sul e centro-oeste do Brasil. Tinha como principal objetivo a captura de indígenas. 

Definição (o que eram)

 

As entradas e bandeiras foram expedições de desbravamento territorial, que ocorreram no Brasil Colônia entre os séculos XVII e XVIII.

 

Diferenças entre entradas e bandeiras

 

1.

- As entradas eram expedições oficiais (organizadas pelo governo) que saiam do litoral em direção ao interior do Brasil.

- As bandeiras eram expedições organizadas e financiadas por particulares, principalmente paulistas. Partiam de São Paulo e São Vicente principalmente, rumo às regiões centro-oeste e sul do Brasil.

 

2.

- As entradas tinham como objetivo principal fazer o mapeamento do território brasileiro, principalmente da região interior. Estas informações eram enviadas a Portugal, com objetivo de aumentar o conhecimento e viabilizar a colonização do interior do Brasil. 

- As bandeiras tinham como objetivo principal descobrir minas de ouro, prata e pedras preciosas. 

 

3.

- As entradas também atuavam no combate aos grupos indígenas que ofereciam resistência aos colonizadores.

- As bandeiras atacavam missões jesuíticas, capturando índios, que seriam comercializados como escravos.

 

4.

- As entradas eram compostas, em sua maioria, por soldados portugueses e brasileiros (a serviços das províncias).

- Já as bandeiras eram lideradas por paulistas chamados de bandeirantes e tinham em sua composição familiares, agregados, brancos pobres e mamelucos.

 

Principais bandeiras

 

- Bandeira de Bartolomeu Bueno da Silva – ocorrida entre 1672 e 1740, partiu da região norte do atual estado de São Paulo em direção a região centro-oeste do Brasil. Tinha como principal objetivo o descobrimento de jazidas de ouro e pedras preciosas.

 

- Bandeira de Domingos Jorge Velho – ocorrida entre 1615 e 1703, partiu da região litorânea do Nordeste em direção ao sertão e litoral paulista. Tinha como principal o sertanismo de contrato, onde os bandeirantes eram contratados por fazendeiros para combater quilombos e tribos indígenas que atacavam cidades e engenhos.

 

- Bandeira de Raposo Tavares – ocorrida entre 1598 e 1658, partiu da cidade de São Paulo em direção às regiões sul e centro-oeste do Brasil. Tinha como principal objetivo a captura de indígenas. 

 


 

Entradas e Bandeiras

Autor: Volpato, Luiza Rios Ricci

Editora: Global

Temas: Entradas, Bandeiras, Bandeirantes, História do Brasil Colonial

Impressão Google+


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor. Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2005 - 2015 História do Brasil.Net Todos os direitos reservados.